• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Mais um Split CD de produção Nacional, desta vez a honrar o grindcore na sua substância mais pura. Os, sempre bemvindos, e já saudosos, PussyVibes (PV) e os, domadores de Javalis, Brutal Brain Damage (BBD). Aqui, a história conta-se em 23 minutos de ouro. Os PV com 9 temas e os BBD com os restantes 7.

Os Luso-Canadenses PV demonstram terem evoluído na sua sonoridade, sem terem perdido pitada da sua exuberância extrema. Há momentos em que a sua música reveste-se de uma maior morbisidade, tendo uma aura mais sinistra, como é notório no tema de abertura “The Invocation Bound By The Inverted Cross Of Damnation”, outros em que a descarga é de tal forma violenta que nem a abordagem lírica mais “Evil” escapa à trucidação musical. Um regresso, realmente, imponente e impiedoso. 

Do outro lado, cabe aos BBD fechar este trabalho. Apesar da fasquia ter sido bem elevada, os BBD demonstram o porquê de serem umas das bandas mais interessantes e promissoras do panorama nacional. Com boas composições onde imperam o groove, o peso e a velocidade, os BBD cativam pela consistência e diversidade criativa.

Com uma produção exemplar, este lançamento deverá ser do agrado a todos os admiradores de bom grindcore. Assim sendo, espero que o trabalho das duas bandas tenha, não só, o vosso apoio como também a vossa máxima consideração.

Nota: 8,3/10

Review por Pedro Pedra