• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Tsjuder até podem ser uma banda relativamente recente em termos discográficos (o primeiro álbum "Kill For Satan" é de 2000), mas cada trabalho seu parece que é saído do início da década de noventa. "Anitiliv", o quinto álbum, é apenas mais um exemplo disso mesmo. "Kaos" explode nas colunas e solta uma geada escandinava à nossa volta que nos faz sentir como se fossemos transportados no espaço e no tempo. Tecnicamente não há nada de extraordinário com a dita faixa, mas o ambiente, aquele difícil de recriar, esse é perfeito. Aliás, como já é apanágio destes noruegueses.

Podem até não ser um dos nomes citados quando se fala de black metal clássico, mas sem dúvida que é um dos mais fiáveis. E como o black metal trve não significa propriamente blastbeats com produção manhosa, temos oito faixas dinâmicas que tanto nos remete para o tremolo picking furioso como para os momentos mais compassados e até com, benzam-se, groove - a épica "Krater" é um excelente exemplo. Por outro lado, a produção é cristalina e evidencia todo o poderio sonoro que advém do power trio norueguês. Apesar da qualidade ser constante na sua discografia, é fácil notar um aumento de qualidade em relação ao que está para trás, assumindo-se este "Anitiliv" como um dos momentos mais esclarecidos de toda a sua carreira.

Todo o álbum é coeso não sendo possível assinalar qualquer destaque, pelo que será aconselhável ouvir do início ao fim e repetir a dose várias vezes. É o tipo de álbum em que entra à primeira, sem qualquer dificuldade, mas que a cada audição é possível sempre capturar coisas diferentes, estados de espírito e pormenores diferentes. Para quem é fã da segunda vaga de black metal e está cansado da experimentação que o estilo tem vindo a sofrer nos últimos tempos, tem aqui o melhor dos antídotos: "Antiliv". Qualquer uma destas faixas é comprovativo disso mesmo.


Nota: 9/10


Review por Fernando Ferreira