• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)



Gostaríamos de dizer que aqui na Metal Imperium acompanhamos a carreira deste talentoso guitarrista, mas ela é tão extensa que apenas conseguimos apreciar cada novo capítulo da sua saga "Very Heepy Very Purple", que tal como o próprio nome indica, tem como base as suas influências musicais que contém como principal referência os Deep Purple e os Uriah Heep. Desta vez, o músico acrescenta a estes nomes outros como Dio, Rainbow, Iron Maiden, e Yngwie Malmsteen, embora esteticamente os dois primeiro nomes referidos sejam aqueles que saltam logo à vista. Ou ao ouvido neste caso.

Tal como anteriormente, temos dez músicas, cada uma delas com um alinhamento diferente, sendo que o único denominador comum é mesmo o amigo Avi Rosenfeld. Curiosamente neste trabalho o grande foco das composições nem é mesmo a guitarra e sim os teclados - não querendo isto dizer que a guitarra entre muda e sai calada, até porque solos ínspirados como o do tema "Lancelot" e "Treason" são algo constante. No entanto, são os teclados, ou melhor, o orgão hammond que molda este lançamento. Também temos a bela da música instrumental, aqui na figura da "Hava Nagila" conhecida melodia tradicional associada ao povo hebraico (o amigo Avi é israelita) que recebe~aqui um tratamento rock de qualidade.

Ao vigésimo quinto álbum (25!!) já não existe muitas dúvidas em relação ao seu talento embora também nos pareça que o seu registo não vá mudar muito mais além do que tem sido apresentado neste projecto. Orientando o seu virtuosismo mais para a composição do que para a exibição gratuita dos seus talentos como guitarrista, este é um álbum que vai interessar mesmo para quem gosta de guitarradas que têm como som constante o orgão hammond, ou seja, todos aqueles que gostariam de viver na década de setenta. O tempo não anda para trás mas de vez em quando apanhamos máquinas do tempo assim.


Nota: 7.5/10

Review por Fernando Ferreira