• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Qual a relação entre o Conan e o stoner/doom/sludge? Aparentemente para os noruegueses Barbarian Fist, a relação é íntima já que esse é o imaginário que popula por esta estreia discográfica. Pessoalmente, sempre pensei em sonoridades como a de Amon Amarth ou Manowar (antigo, claro) como mais indicada a esta temática. Gostos. Adiante. Este "The Whorelord Cometh" começa com o tema título em que tem um sample do filme de 1981, "Conan E Os Bárbaros" mas que sendo revela um doomaço de qualidade insuspeita. Para quem gosta de doom, este é um tema que o deixará completamente rendido.

Composto por quatro temas, quatro longos temas, e não contando com os fanáticos doom, este poderia ser um álbum a colocar de parte por quem teme a repetição ou simples aborrecimento. Talvez exista aqui uma certa imparcialidade da nossa parte, mas a verdade é que este trabalho flui com uma graça de um ninja, ou seja, nem se dá por ele. Se pegarmos em "No Brakes On The Rape Train" (título adoravelmente estúpido!), temos o exemplo perfeito. A música flui tão bem, de forma tão perfeita que sem se dar conta vemos que já passaram cinco minutos e a voz ainda não surgiu. Como se fosse uma jam inspiradíssima em que as palavras não são necessárias. E não são mesmo. É daquelas músicas que poderia continuar para sempre.

Basicamente, todos os fãs da música da década de setenta, do proto-heavy metal e do doom metal clássico, encontrará aqui quatro razões para gastar quarenta minutos da sua vida. E quando chega ao final, descobre-se que não foram quarenta minutos gastos mas sim ganhos. Ver isto ao vivo deverá ser uma prioridade para quem fica impressionado com o que se ouve em disco. E se eles conseguirem passar em cima de um palco metade do que passam neste disco, então está aqui uma banda enorme. Altamente recomendado para os amantes e estudiosos do stoner/doom, isto se conseguirem passar pela capa horrível.


Nota: 8.7/10

Review por Fernando Ferreira