• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


A capa é horrível mas a música é excelente. Para todos vós que gostam de julgar pelas aparências, aqui está um bom exemplo de que nada é o que parece. Esta banda da Sérvia até pode ser totalmente desconhecida, o que até se compreende tendo em conta a sua origem, mas ao quinto álbum, não estamos a falar de uma propriamente novata. A eterna referência e escolha pré-definida para todas as coisas estranhas no campo do metal, o Metal Archives, refere que se trata de uma banda que opera dentro dos limites do stoner/progressivo. Não será pelo menos de acordo com aquilo que ouvimos neste “Grob”, já que aqui, e se fosse importante categorizar a banda, teríamos algo que mistura o space rock/psicadélico com o stoner/doom, tocando até por vezes no ambient.

Parece uma mistura estranha, mas a verdade é que resulta na perfeição. Mesmo estranhando, e usando a sabedoria popular, é algo que se vai entranhando aos poucos. Quer-se dizer, para aqueles que gostam da mistura atrás mencionada, entranha-se imediatamente sem espinhas, mas para todos os restantes e comuns mortais, poderá demorar mais um pouco. A intensidade e peso é omnipresente mesmo em faixas como a “Sécanje na Ameliju”, onde até se tem direito a saxofone (que os entendidos em instrumentos me desculpem se é um outro qualquer instrumento de sopro, mas soa mesmo a saxofone. Ou isso ou trompete) num ambiente profundamente melancólico.

O tema título é uma poderosa peça de rock progressivo que aquilo mais próximo de Pink Floyd que se ouviu nos últimos tempos, caso estes se tivesse fundido aos Riverside a voar pelo espaço. Um grande tema que só à sua pala vale a este “Grob” dois pontos da sua classificação final. Deveria ter sido o último tema, já que após isto fica um vazio tal que parece impossível de preencher. De qualquer forma, e apesar de não atingir a excelência do tema anterior, “Ejmi (1983-2011-201?)” revela-se também um bom tema e que se enquadra bem no restante álbum. Em resumo, é um trabalho de uma qualidade surpreendente e que nos convence mais uma vez que a música chega-nos de todo lado. Inclusive da Sérvia. Excelente banda.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira