• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


A capa é horrível mas a música é excelente. Para todos vós que gostam de julgar pelas aparências, aqui está um bom exemplo de que nada é o que parece. Esta banda da Sérvia até pode ser totalmente desconhecida, o que até se compreende tendo em conta a sua origem, mas ao quinto álbum, não estamos a falar de uma propriamente novata. A eterna referência e escolha pré-definida para todas as coisas estranhas no campo do metal, o Metal Archives, refere que se trata de uma banda que opera dentro dos limites do stoner/progressivo. Não será pelo menos de acordo com aquilo que ouvimos neste “Grob”, já que aqui, e se fosse importante categorizar a banda, teríamos algo que mistura o space rock/psicadélico com o stoner/doom, tocando até por vezes no ambient.

Parece uma mistura estranha, mas a verdade é que resulta na perfeição. Mesmo estranhando, e usando a sabedoria popular, é algo que se vai entranhando aos poucos. Quer-se dizer, para aqueles que gostam da mistura atrás mencionada, entranha-se imediatamente sem espinhas, mas para todos os restantes e comuns mortais, poderá demorar mais um pouco. A intensidade e peso é omnipresente mesmo em faixas como a “Sécanje na Ameliju”, onde até se tem direito a saxofone (que os entendidos em instrumentos me desculpem se é um outro qualquer instrumento de sopro, mas soa mesmo a saxofone. Ou isso ou trompete) num ambiente profundamente melancólico.

O tema título é uma poderosa peça de rock progressivo que aquilo mais próximo de Pink Floyd que se ouviu nos últimos tempos, caso estes se tivesse fundido aos Riverside a voar pelo espaço. Um grande tema que só à sua pala vale a este “Grob” dois pontos da sua classificação final. Deveria ter sido o último tema, já que após isto fica um vazio tal que parece impossível de preencher. De qualquer forma, e apesar de não atingir a excelência do tema anterior, “Ejmi (1983-2011-201?)” revela-se também um bom tema e que se enquadra bem no restante álbum. Em resumo, é um trabalho de uma qualidade surpreendente e que nos convence mais uma vez que a música chega-nos de todo lado. Inclusive da Sérvia. Excelente banda.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira