• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Single composto por três faixas do duo norte-americano Helleborus composto pelos dois irmãos Wyatt e Jerred Houseman. O primeiro está encarregue da música e letras enquanto o segundo da produção e todos os instrumentos. Vindos dos Execration, uma banda de death metal brutal, os irmãos resolveram enveredar pelo black metal melódico (eles que também já tinham os Akhenaten, que também usufrui de umas blackices) e os resultados até não foram maus de todo. Acabam por soar até um pouco nostálgicos, como algo saído da Grécia uns quinze ou vinte anos atrás.

A produção é impecável e tudo soa bem mas (e há sempre um "mas")... falta algo. "Coils" foca-se na criação do ambiente, com os teclados e bateria em modo pedal duplo mas falta-lhe um gancho que neste caso até convinha ser melodico. A espécie de refrão até se cola à cabeça, mas não chega para convencer. O tema título já é mais agressivo embora use a mesma fórmula e sofra do mesmo mal. A terceira faixa, "The Carnal Sabbath", que por acaso até é o título do álbum de estreia da banda) é demasiado longa para o seu próprio bem. Se ela conseguisse condensar toda a qualidade do tema em quatro minutos, seria sem dúvida o melhor do grupo. Quando o tema de quase dez minutos só começa a empolgar a partir dos oito, bem, algo se passa.

É um single interessante e um bom aperitivo, mas com tudo aquilo que já ouvimos dentro do género, é preciso algo mais para marcar a diferença.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira