• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Retro vintage, here we go. O início de “Malstroem”, abre as honras de “Nucleus”, o quinto álbum de originais dos suecos Witchcraf, promove o cruzamento descarado entre os Jethro Tull e os Iron Maiden dos primórdios misturado com uns Witchfinder General, algo que se calhar não pensaríamos que soasse bem mas que resulta na perfeição, pelo menos por aquilo que podemos ouvir aqui. Uma sensibilidade que apenas a música da década de setenta pode demonstrar, com um espírito algo metal mas ainda mais hard rock surge de vez em quando. É essa sensibilidade que sustenta praticamente este álbum.

É um trabalho que vê a banda voltar às raízes das suas influências – sendo que Black Sabbath é sempre uma referência obrigatória. No entanto, essa referência não surge de forma descarada, ou seja não o caso de termos colagens descaradas (ou mesmo roubos) a algum trabalho específico da mítica banda de heav/doom metal. O que se nota perfeitamente é que existe o objectivo claro de tentar capturar um ambiente e que neste caso tal é atingido de forma sublime. Ouvir o tema título, por exemplo, é algo que nos transporta imediatamente para a dita década de uma forma diferente da habitual. Sem cheiro a mofo o déjà vús. Aliás, esta é uma sensação que se repete bastantes vezes ao longo deste trabalho.

São quase setenta minutos de um esbanjamento de classe e boa música de uma forma criminosa (com tanta banda pobrezinha a precisar de um pouco de talento e estes com tanto) que faz com que este álbum se torne essencial para todos os que gostam de música em pesada clássica. Dificilmente será algo que conseguirá cativar os que gostam de coisas mais extremas mas para quem aprecia a década de setenta como um todo e como uma fonte de música rica, principalmente os que gostam que se junto um certo espírito folk ao proto-doom ou proto-heavy metal ou simplesmente hard rock. Um grande álbum em qualquer altura, em qualquer ano, porque é como o heavy metal ou o rock: intemporal.


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira