• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Regresso do Doom. Apesar de não ser uma banda que tenha uma aclamação generalizada ou um sucesso esmagador, para nós, os October Tide representam na perfeição aquilo que é (ou deveria ser) o doom metal, sem desprezar as raízes do género que teve a sua génese em Black Sabbath. Para quem foi introduzido ao metal em meados de noventa, reconhecerá que os October Tide têm aquela sonoridade clássica do estilo mas sem serem também uma caricatura do passado. E é esse equilíbrio que faz com que esta banda continue a acertar em cheio, álbum após álbum, principalmente desde que voltaram para esta segunda encarnação.

E o que é que é necessário para se ter um bom álbum de doom, deste doom que tentámos descrever atrás? Emoção, toneladas de emoção. Mais do que técnica e brilhantismo instrumental, é necessário uma dose certa de emoção – porque se tiver também demasiada emoção e a coisa ficar lamechas, o peso perde-se e as coisas não soam tão efectivas como seriam desejáveis. E é precisamente o que temos aqui. O facto de se manterem as vozes guturais, é apenas parte desse peso –  faixas como “Nursed By The Cold” e “Perilous” fizeram bom uso também do pedal duplo, mesmo que por instantes.

Ao quinto álbum, os October Tide não são mais uma banda que se sustenta pelo passado e por ter sido a banda onde Jonas Renske participou para mandar uns urros. “Winged Waltz” apresentam-nos como uma das grandes propostas de doom metal da actualidade, que souberam transportar para o novo milénio o melhor que o género tem a oferecer. Desde a abertura hipnótica (no seu melhor estilo) de “Swarm”, até à épica “Coffins Of November”, está aqui um dos álbuns mais fortes e sólidos dos October Tide. Recomendado senão obrigatório mesmo.


Nota: 9.1/10

Review por Fernando Ferreira