• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Mais um novo super grupo, este de cariz ninja, ou seja, daqueles que são efectivamente super-grupos mas que ao olho e ouvido do comum mortal poderá passar despercebido. Então, tal como o próprio nome indica, os Triple Sun são um power trio composto por Massimo Pupillo (senhor músico fundador dos Zu, mítica banda italiana de música experimental que mete no mesmo pote grindcore e jazz, com uma discografia extensa e uma lista de colaborações a condizer), David Chalmain (que embora tenha feito nome principalmente como produtor, engenheiro de som e compositor tanto de música clássica como de outras coisas mais experimentais, também participou como músico em vários projectos) e Raphaël Séguiner (músico que também já rodado e que já colaborou com os Zu, entre outros).

Parece termos a premissa para música muito interessante e efectivamente é isso que temos. Não podemos dizer que “The City Lies In Ruins” seja algo que tenha como público alvo os apreciadores de metal, mas se há algum estilo de música que tenha fãs de horizontes abertos o suficiente para apreciar a boa música aqui contida, esse estilo é sem dúvida o metal. Há uma óbvia aproximação ao pós-rock e à música ambient, mas também o pós-metal nos seus momentos mais introspectivos e experimentais. O que quer dizer que temos uma boa viagem dividida em sete temas que nos sugerem a melancolia como o destino principal mas não só.

É um trabalho estranhamento viciante apesar da sua pacatez. Temos tendência a apreciar música deste género para relaxar e acaba por ficar muito pouco nas primeiras audições, mas neste caso, até que em pouco tempo músicas como a “Hole In The Sky” e “Building An Ark” acabaram por ser interiorizadas sem grandes insistências. É um trabalho que mesmo que se perca no tempo, garantirá sempre prazer redobrado ao voltar a ele certamente.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira