• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)



Os Death Angel são um dos nomes clássicos do thrash metal, que lançaram um álbum de estreia que ainda hoje se mantém como um clássico do género, e que depois viriam a sucumbir no início da década de noventa. Uma década depois voltam a reunir-se para uma segunda vida que até conseguiu encontrar aclamação por parte dos fãs e da crítica em geral. O último álbum já tem três anos e apesar de ser um bom esforço notava que a banda estava para caminhos mais melódicos e mais próximos do heavy metal do que propriamente da fúria do thrash metal. E esse é o caminho que vemos aqui reforçado.

“The Moth” inicia este “The Evil Divide” de forma fulgorosa e “Cause For Alarm” mantém a mesma toada, mas é com “Lost” que nos começamos a aperceber do que falámos no parágrafo anterior: as coisas estão bem mais melódicas. “Father Of Lies” aumenta a intensidade mas não esconde o detrimento do thrash metal a favor do heavy metal, que ainda vai dando o ar de sua graça com “Hell To Pay” e “Hatred United, United Hate” (esta última que conta com um solo de Andreas Kisser dos Sepultura. Mas isto não tem que ser necessariamente mau, até porque a banda já o fez antes em álbuns anteriors como “Act III”, curiosamente um dos que menos gostamos na discografia da banda norte-americana.

É um álbum que reflecte um pouco a posição na carreira da banda e que até consegue fornecer mais uns temas bons para andarem pelas setlists, embora no final fique a sensação de que não tem o impacto daquele que continua a ser o melhor álbum da banda e que será sempre o eterno competidor interno (e eterno). Dissemos no início que este álbum segue a toada mais melódica do último álbum, mas aqui consegue fortalecer-se, já que o faz com uma mestria superior e não são necessárias muitas audições para que se fique com essa opinião.


Nota: 8.3/10


Review por Fernando Ferreira