• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Álbum de estreia dos suecos que nos apresenta black metal tipicamente escandinavo sem qualquer surpresa. E poderíamos ficar por aqui no entanto a questão é que é mesmo bom. É pequeno – pouco mais de meia hora – mas é bastante intenso, fazendo bom uso de todos aqueles lugares comuns que já aprendemos a gostar e até ansiar em alguns casos. Portanto acaba por ser um trabalho que faz bom uso de uma série de paradoxos.

Tem boa produção, mas mantém uma aura primitiva, essencial ao estilo. Tem todos os lugares comuns possíveis e imaginários, mas acaba por ter uma identidade própria e aquele ambiente que separa o mau black metal do bom e que não é possível de falsificar – ou se tem ou não se tem. Não tem nenhum momento que se destaque, é correcto, no entanto tem uma uniformidade que acaba por conquistar o ouvinte, principalmente se o mesmo for fã de black metal, e nem é necessário que seja um fã acérrimo. Boa estreia, prevemos futuro interessante para os Nidhöggr.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira