• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


M.I. - Acabaram de lançar o vosso quarto álbum de estúdio, "Land Animal", o primeiro para a InsideOutMusic/Sony. Como é que isso aconteceu?

Nos Bent Knee achamos que o crescimento lento é um crescimento verdadeiro. Assim, tentamos aprender com cada álbum que editamos, e melhoramos o nosso processo de gravação. Temos o privilégio de editar Land Animal pela InsideOut por causa desse constante processo. Cada tour ajuda a fortalecer e solidificar a nossa dinâmica, e cada sessão de escrita ajuda a expandir-nos enquanto banda. Eu acho que as pessoas da InsideOutMusic reconheceram que estamos sempre a dar o litro e viram o nosso potencial para fazer alguns ótimos álbuns.


M.I. - Vocês já tocaram algumas das novas músicas durante o tour deste ano. Qual foi a reação da plateia ao novo material? Alguma música favorita do público?

Estou muito animado para ver o que acontece agora que o álbum está realmente editado. Até agora tocámos apenas dois ou três singles, mas agora vamos tocar para um público que já ouviu o disco todo. Até agora, as pessoas ficaram entusiasmadas com os singles, particularmente com Holy Ghost, mas penso que as músicas devem ser entendidas com o disco todo em mente. Vamos ver!


M.I. - O ano passado foi bastante importante para a banda, com a abertura da tour americana de despedida dos The Dillinger Escape Plan e, em seguida, assinatura pela InsideOutMusic/Sony. Ainda se beliscam para perceber que não estão a sonhar?

No ano passado, muitos dos meus sonhos tornaram-se realidade, como a primeira parte de uma banda como Dillinger, e um tour pela Europa, e estou extremamente orgulhoso e inspirado. Na verdade, parece tudo muito real, porque, apesar de estarmos melhores que nunca, tem sido à nossa custa e não ficámos superestrelas da noite para o dia ainda.


M.I. - Bent Knee são diferentes de qualquer banda que já ouvi. Vocês são capazes de misturar uma quantidade tão grande de gêneros e influências nas músicas que às vezes é muito difícil descobrir o que ouvem e quais bandas são as principais influências ...

Sim, essa parece ser a ideia que estamos a passar. Honestamente, nunca pensamos explicitamente em misturar gêneros, mas sim tentar fazer música que todos nós gostamos. Somos um grupo bastante diversificado de pessoas em termos de personalidade e interesses musicais, por isso temos uma colagem única no nosso som. Estou feliz por ser diferente de qualquer banda que tenhas ouvido, isso é muito bom!


M.I. - O vídeo para "Land Animal explora o stress diário que temos que suportar e como às vezes podemos perder a noção do que é realmente importante nas nossas vidas. Como surgem os temas das vossas letras?

As letras são influenciadas pelas nossas vidas diárias e observações. Nós tendemos a escrever sobre as coisas que nos preocupam de alguma forma, por isso em Land Animal há músicas sobre mudanças climáticas, racismo, depressão e desconexão. As letras da musica Land Animal apareceram num momento em que estávamos bastante preocupados com o futuro da banda e sentimos que não estávamos a chegar a lugar algum, apesar de termos trabalhado o mais arduamente possível.


M.I. - Li numa entrevista que a banda é uma espécie de coletivo democrático. Como é que isso acontece no processo de escrita e gravação?

Nos Bent Knee todos compartilhamos a mesma responsabilidade pela qualidade da música. Cada um de nós tem um papel diferente para cada música, mas no final as idéias de todos são reunidas. Para o processo de gravação, o nosso produtor Vince Welch tem a palavra final em decisões de produção e mistura, mas leva as idéias de todos muito a sério enquanto termina o álbum.


M.I. - O que podemos esperar em seguida para Bent Knee?

Estamos em tour pela América do Norte e depois iremos para a Europa no próximo ano. Estamos de volta à cave a escrever quando não estamos em tour, mas o foco principal é mostrar Land Animal para quem quiser ouvir!


Entrevista por Vasco Rodrigues